Voltar a página Inicial

PROJETO APROVADO NA CCJ ISENTA CULTIVARES DE PLANTAS E FLORES ORNAMENTAIS DE INSCRIÇÃO NO REGISTRO N






PROJETO APROVADO NA CCJ ISENTA CULTIVARES DE PLANTAS E FLORES ORNAMENTAIS DE INSCRIÇÃO NO REGISTRO NACIONAL DE CULTIVARES

 

 

cid:image001.png@01CF7C26.EC23E2D0

 

PROJETO APROVADO NA CCJ ISENTA CULTIVARES DE PLANTAS E FLORES ORNAMENTAIS DE INSCRIÇÃO NO REGISTRO NACIONAL DE CULTIVARES

 

Medida vale para variedades de domínio público

 

Brasília (30/05) ? Reduzir a burocracia e os custos para registro de cultivares de plantas e flores ornamentais. Com este propósito, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), da Câmara dos Deputados, aprovou, nesta semana, um projeto que isenta as cultivares de domínio público da obrigatoriedade de inscrição no Registro Nacional de Cultivares (RNC).

           

Para a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), que defende agilidade na liberação nos registros agropecuários e, neste caso específico, a isenção, o registro é uma exigência burocrática que ?gera custos desnecessários e freia o desenvolvimento do setor?. O mercado de plantas e flores ornamentais movimentou, em 2013, R$ 5,2 bilhões, montante que tem crescido a cada ano.

 

O fim da obrigatoriedade de inscrição no RNC, como previsto no Projeto de Lei 4937/2013, vale apenas para as variedades de domínio público. Está mantida a exigência de inscrição para aquelas que se encontrem sob o regime de proteção do direito de uso instituído pela Lei de Proteção de Cultivares (Lei 9.456/1997). A lei preserva os direitos dos obtentores de patentes de cultivares melhoradas.

           

A partir do Registro Nacional de Cultivares, fica autorizada a produção e comercialização de sementes e mudas no país. A inscrição depende, no entanto, do cálculo do Valor de Cultivo e Uso (VCU), que combina características agronômicas da cultivar com as suas propriedades de uso em atividades agrícolas, industriais, comerciais e do consumo in natura.

 

Atualmente são exigidos ensaios para determinar o Valor de Cultivo e Uso para 29 espécies vegetais. Um dos impasses envolvendo o tema no caso das cultivares de plantas e flores é que o valor comercial de cada espécie é subjetivo, oscilando de acordo com as tendências de mercado.

 

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109 1411/1419
www.canaldoprodutor.com.br



    Av. Borges de Medeiros, 541, 5° andar - Centro - CEP-91020-023